Menu Fixo

Fabiola Marine Newsletter

Assine gratuitamente nosso site, e além de receber nossas atualizações, ganhe conteúdo e brindes exclusivos, diretamente no seu email.
* Obrigatório

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Últimas semanas: Vivendo e aprendendo...

Sabe aqueles momentos da vida em que você quer deixar tudo pra trás e sair da realidade por algumas horas?

Pegar o carro e sair estrada afora, sem dar notícias pra ninguém...
Ficar olhando o pôr do sol em um lugar onde ninguém te conheça...
Resolver que quarta-feira é sábado, e decidir que o único compromisso que você tem hoje é ser feliz.

São coisas que tenho certeza que você já pensou em fazer ao longo desse ano.



E provavelmente desistiu de última hora e resolveu que precisa ir trabalhar porque tem um relatório importante pra entregar na quinta. 

                                   OU 

Não quer gastar dinheiro com gasolina, afinal de contas, ela está cada vez mais cara. 

                                    OU

Se convenceu que isso é perda de tempo. Quer dizer... Isso por acaso vai me ajudar na escada do sucesso profissional? Vai me ajudar a conseguir aquele emprego TOP que eu tanto quero e que provavelmente quando conseguir não irei ter tempo pra mais nada... ou aquele carro da moda que todos querem, só para conseguir mostrar para todos que EU CONSEGUI e eles não?! 



Nessas últimas semanas, eu desacelerei um pouco... Deixei os compromissos de lado, fiz as coisas que tive vontade de fazer ( mesmo que eu me arrependesse depois ) cometí os erros que eu tinha vontade de cometer faz algum tempo e deixei quem quisesse falar de mim, motivos a mais para falar. 

E quer saber? FOI ÓTIMO! 

Não estou dizendo que tudo o que fiz foi certo e nem que faria de novo, mas  foi libertador por algumas semanas não fazer o que as pessoas sempre esperam de mim. 

Houveram erros de percurso, claro. Mas aprendí mais nessas últimas semanas do que já aprendi em 18 anos.
Desapeguei de tudo que eu não conseguia deixar ir embora, chorei... fiquei triste, porque é o que se deve fazer quando algo ou alguém que foi muito importante pra você, se vai. Mas surpreendentemente me peguei sorrindo logo depois, fazendo piada com os amigos, dando conselhos, e foi ai que eu me toquei... A VIDA É ASSIM! 

Ninguém nunca morreu de decepção ou por falta de alguém, porque quando perdemos um amor ou um amigo, logo depois conhecemos outra pessoa que substitui de certo modo o que aquela pessoa te fazia sentir, e você percebe que sempre haverá outro dia ... E  outros lugares... E outras pessoas... E outros amores... E outros sonhos... 



Ao longo dessa estrada de auto-conhecimento, houveram muitos machucados. Mas não se enganem, porque os que mais doeram não se pode ver em uma foto ou em um Raio X, porque foram no fundo do coração e lá, somente eu tenho acesso. 

Mas com o passar do tempo esses machucados vão ficando menos doloridos e vão começar a desaparecer, os mais fundos, ficarão as cicatrizes e quando olhar para elas, eu poderei lembrar de que fui forte e superei aquilo que naquele determinado momento pareceu insuportável, e sorrirei porque terei certeza de que com os futuros machucados não será diferente!